DIA MUNDIAL DAS ÁGUAS


DIA DA ÁGUA

22 DE MARÇO:

DIA MUNDIAL DAS ÁGUAS

PLANETA ÁGUA
AMNIÓTICO BERÇO

Quem vê a imensidão dos mares,
dos oceanos, nuas superfícies,
não imagina o primitivo ventre,
amniótico berço de toda a vida,
genética ancestralidade minha,
tua, de todos os seres criados,
pelo Divino Autor do Universo…
Água vida, bem restrito, bem finito
— Água viva. Ciclo da Vida!

ANTONIO DE JESUS
ANJES

Imagens: Robin Fowler & Jaime
Camire + Stefanie+ David
Doubilet+ Fischer + outros ad -
Gif : Anjes

Leitmotiv: Destruir a natureza, as fontes vitais das águas, do ar, do verde, a vida, é um pecado contra Deus, que tudo criou e horrendo crime contra a humanidade.

DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIRETOS DAS ÁGUAS

HISTÓRIA MUNDIAL DAS ÁGUAS

O Dia Mundial da Água foi criado pela ONU (Organização das Nações Unidas) no dia 22 de março de 1992. O dia 22 de março, de cada ano, é destinado a discussão sobre os diversos temas relacionadas a este importante bem natural.

Mas porque a ONU se preocupou com a água se sabemos que dois terços do planeta Terra é formado por este precioso líquido? A razão é que pouca quantidade, cerca de 0,008 %, do total da água do nosso planeta é potável (própria para o consumo). E como sabemos, grande parte das fontes desta água (rios, lagos e represas) esta sendo contaminada, poluída e degradada pela ação predatória do homem. Esta situação é preocupante, pois poderá faltar, num futuro próximo, água para o consumo de grande parte da população mundial. Pensando nisso, foi instituído o Dia Mundial da Água, cujo objetivo principal é criar um momento de reflexão, análise, conscientização e elaboração de medidas práticas para resolver tal problema.

No dia 22 de março de 1992, a ONU também divulgou um importante documento: a “Declaração Universal dos Direitos da Água” (leia abaixo). Este texto apresenta uma série de medidas, sugestões e informações que servem para despertar a consciência ecológica da população e dos governantes para a questão da água.

Mas como devemos comemorar esta importante data? Não só neste dia, mas também nos outros 364 dias do ano, precisamos tomar atitudes em nosso dia-a-dia que colaborem para a preservação e economia deste bem natural. Sugestões não faltam: não jogar lixo nos rios e lagos; economizar água nas atividades cotidianas (banho, escovação de dentes, lavagem de louças etc); reutilizar a água em diversas situações; respeitar as regiões de mananciais e divulgar idéias ecológicas para amigos, parentes e outras pessoas.

DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS DAS ÁGUAS

Art. 1º – A água faz parte do patrimônio do planeta.Cada continente, cada povo, cada nação, cada região, cada cidade, cada cidadão é plenamente responsável aos olhos de todos.

Art. 2º – A água é a seiva do nosso planeta.Ela é a condição essencial de vida de todo ser vegetal, animal ou humano. Sem ela não poderíamos conceber como são a atmosfera, o clima, a vegetação, a cultura ou a agricultura. O direito à água é um dos direitos fundamentais do ser humano: o direito à vida, tal qual é estipulado do Art. 3 º da Declaração dos Direitos do Homem.

Art. 3º – Os recursos naturais de transformação da água em água potável são lentos, frágeis e muito limitados. Assim sendo, a água deve ser manipulada com racionalidade, precaução e parcimônia.

Art. 4º – O equilíbrio e o futuro do nosso planeta dependem da preservação da água e de seus ciclos. Estes devem permanecer intactos e funcionando normalmente para garantir a continuidade da vida sobre a Terra. Este equilíbrio depende, em particular, da preservação dos mares e oceanos, por onde os ciclos começam.

Art. 5º – A água não é somente uma herança dos nossos predecessores; ela é, sobretudo, um empréstimo aos nossos sucessores. Sua proteção constitui uma necessidade vital, assim como uma obrigação moral do homem para com as gerações presentes e futuras.

Art. 6º – A água não é uma doação gratuita da natureza; ela tem um valor econômico: precisa-se saber que ela é, algumas vezes, rara e dispendiosa e que pode muito bem escassear em qualquer região do mundo.

Art. 7º – A água não deve ser desperdiçada, nem poluída, nem envenenada. De maneira geral, sua utilização deve ser feita com consciência e discernimento para que não se chegue a uma situação de esgotamento ou de deterioração da qualidade das reservas atualmente disponíveis.

Art. 8º – A utilização da água implica no respeito à lei. Sua proteção constitui uma obrigação jurídica para todo homem ou grupo social que a utiliza. Esta questão não deve ser ignorada nem pelo homem nem pelo Estado.

Art. 9º – A gestão da água impõe um equilíbrio entre os imperativos de sua proteção e as necessidades de ordem econômica, sanitária e social.

Art. 10º – O planejamento da gestão da água deve levar em conta a solidariedade e o consenso em razão de sua distribuição desigual sobre a Terra.

Frases sobre o Dia Mundial da Água:

- Água é vida. Vamos usar com inteligência para que ela nunca falte.

- O futuro de nosso planeta depende da forma com que usamos a água hoje.

- Todo dia é dia de água, pois ela está presente em tudo e em todos.

- O Dia Mundial da Água não é só para pensar, mas principalmente para agir: vamos usar este recurso natural com sabedoria para que ele nunca acabe.

- Sem a água não haveria vida na Terra! Pense nisso neste Dia Mundial da Água.

 VOLTAR AO FACE – VOLTAR AO FACE – VOLTAR AO FACE

DIA INTERNACIONAL DA MULHER

POESIA:

GENESISB cópia

DIA INTERNACIONAL DA MULHER:
Todo dia é dia para honrar e homenagear as mulheres.

GÊNESIS: E DEUS CRIOU A MULHER

GÊNESIS

Adão, sentindo-se só,
pediu ao Pai, o Criador
alguém por companhia…

– Pai estou tão só
não tenho o que fazer
ninguém pra conversar
está tudo sem graça
a vida está pasmacenta
muito chata, só
mesmice…

– O que queres, enfim, meu filho?
Adão o Primeiro Filho, sabia
exatamente o que lhe faltava:

– ah ! Pai, o ser que eu quero
é bem simples e é complexo,
pois deve encerrar delícias,
que eu não sei bem explicar…

Deus, sorrindo, disse-lhe:
– é isso mesmo o que queres,
não vais depois se arrepender?
és uno, amanhã serás plural,
terás que aprender compartilhar…

Adão respondeu:
– É tudo o que eu quero, meu Pai!

O Criador que sabia de onipotência
e também sabia o que era enfado,
vendo o Filho tão só, teve pena,
e resolveu aperfeiçoar
o melhor da criação…

tocou os olhos do Filho
e ele dormiu sono profundo…
tirou-lhe das costelas, a semelhança,
de si mesmo a consciência
para que o novo ser tivesse
dos seus dons divinos
a essência:
onipresença para estar
em todo lugar,
quando necessário.
doçura para os
momentos difíceis,
intuição, para o outro
entender de pronto,
sabedoria, disponibilidade,
fortaleza para aguentar
os trancos do dia-a-dia…

ao criar tal ser,
com tanto capricho,
adicionou-lhe
tal atributo, e fez mais ainda:

acrescentou-lhe também
a calma e a firmeza
pra garantir o equilíbrio…
por precaução,
adicionou-lhe, tudo
que ao homem faltava
e um quê da própria divindade
porque era-lhe o complemento…

versão revista e melhorada,
seguindo à risca seu melhor projeto,
ao novo ser fez a adição
de um último e oculto atributo:

em lugar muito bem escondido
uma fonte de poder criativo
e por acréscimo, num toque,
a delícia que o Filho lhe falara,
a primícia, o prazer
e a missão de gerar filhos
tornando o homem e a mulher
parceiros na divina obra da criação…

dando a missão por cumprida,
acordou o Primeiro Filho
que então, ainda dormia
e apresentou-lhe
sua obra-prima:

– Eis meu Filho,
tua companheira:
A Mulher !!!

——————–

VOLTAR PARA O FACE – VOLTAR PARA O FACE – VOLTAR PARA O FACE