NOTÍCIAS E INFORMAÇÕES

ELEIÇÃO MARIA LUCIA

ELEIÇÕES NA ACL:

A ACADEMIA CASCAVELENSE DE LETRAS ELEGE
MARIA LUCIA KLEINHANS PEREIRA PRESIDENTE

Por unanimidade de indicações, ontem, dia 04 de dezembro de 2013, às 19h00, na sede da ACL, os membros da Academia Cascavelense de Letras elegeram a acadêmica Maria Lucia Kleinhans Pereira presidente, para o biênio 2014-2015. Maria Lucia é professora, escritora, poeta e animadora social/cultural. O pleito foi marcado, pelo pedido do atual presidente Antonio de Jesus, que concitou os seus pares no sentido da escolha de um nome que representasse uma renovação radical, com objetivos bem definidos para o próximo biênio, com ênfase a consolidação da ACL como um espaço democrático e aberto a novos desafios, dentre outros de ampliar seus quadros e levar a instituição ao encontro das múltiplas comunidades literárias, artístico e culturais de Cascavel. Pedido feito, pedido acatado, a principal entidade de caráter literário de Cascavel elegeu uma nova Diretoria altamente qualificada para a busca dos objetivos propostos pela Academia.

A NOVA DIRETORIA
A nova diretoria eleita para o biênio 2014-2015, restou composta pelos seguintes membros: Presidente: Maria Lúcia K. Pereira; Vice Presidente, Antonio de Jesus; Primeiro Secretário, Marcio Couto; Segundo Secretário Cleiton Costa; Primeiro Tesoureiro, Jaime Fabro; Segundo Tesoureiro, Teresinha Fedato Tavares. CONSELHO FISCAL: Hilmar Adams; Helena Lúcia Z. Sória; Jeferson Luiz Kaibers; SUPLENTES; Altamiro José dos Santos; Bertolino Tenfen e Mário Ferreira de Oliveira.

PROJETOS PRIORITÁRIOS

Finda a votação e proclamado o resultado, pelos presentes, em breve instante de manifestações, foi aprovada uma pauta mínima de objetivos a serem perseguidos pela academia nos próximos dois anos: a) a implantação da Oficina Permanentes de Poesia e b) abertura de inscrições para a inclusão de novos associados especiais e preenchimento, mediante eleições, de pelo menos quatro das oito vagas disponíveis no primeiro ano de atividade que se inicia em primeiro de janeiro próximo. Esse compromisso tem o aval da totalidade dos membros presentes à Assembléia Geral Ordinária de caráter eleitoral.

 IR PARA O FACE – IR PARA O FACE – IR PARA O FACE

EVENTO LITERÁRIO: FLIC CASCAVEL

FESTIVAL DE LITERATURA E ARTE DE CASCAVEL – FLIC
Três dias voltados à literatura, cultura e as artes com a presença de autores, escritores, palestrantes e o público leitor, com destaque para a classe estudantil em todos os níveis.

FLIC CASCAVEL BASE FLIC

 FLIC – FESTIVAL DE LITERATURA E ARTE DE CASCAVEL

Acontece de 21 a 23 de Novembro de 2013 em Cascavel, PR, o primeiro FLIC, festival de Literatura e Artes de Cascavel, com intensa programação de natureza Literárias e Artística, tendo como palcos a Praça Wilson Jofre e o Colégio Eleodoro Ébano Pereira.

Evento da iniciativa do Núcleo Regional de Educação com apoio de diversas instituições de ensino de todos os níveis. Secretarias de Municipais de Educação, e Esportes, Academia Cascavelense de Letras, SESC, Editoras, o ponto de cultura e livraria LIVRAI-NOS, dentre outros. No Colégio Eleodoro, acontecerá uma intensa programação de natureza literária e científica, com oficinas e palestras voltadas para os corpos docentes e discentes, autores, escritores e demais interessados. Nos temas que serão debatidos, dentre outros, a democratização da leitura e a formação de novos leitores. Na praça Wilson Jofre, acontecerão várias atividades culturais e artísticas, com a presença de autores convidados que manterão contato com o público leitor, farão a exposição de suas obras e darão autógrafos aos interessados. Ponto alto na Praça será a exposição e venda de livros dos autores locais e regionais especialmente convidados.

LANÇAMENTOS, EXPOSIÇÃO E VENDA DE LIVROS
DE AUTORES CASCAVELENSES E REGIONAIS

Os autores estarão presentes e manterão contatos com os leitores concedendo autógrafos.

FLIC CASCAVEL BASE MÁRCIO C

FLIC CASCAVEL BASE LUCIA

FLIC CASCAVEL BASE tere ENTRE AS AGUAS

FLIC CASCAVEL BASE meus outros

FLIC CASCAVEL BASE ENCATADOR DE SEMPENTES

FLIC CASCAVEL BASE PARCERIAS P

FLIC CASCAVEL BASE UNIVERSOS P

FLIC CASCAVEL BASE fragmomentos

FOTOS E MEMÓRIAS

FLIC CASCAVEL BASE ALIENIGINA

FLIC CASCAVEL BASE MÁRIOP CONSIGO M

FLIC CASCAVEL BASE ELETRONICA DA V

FLIC CASCAVEL BASE ALEX

FLIC CASCAVEL BASE MIGUEL

553192_549224148490906_1460762313_n

FLIC CASCAVEL BASE cópia

 IR PARA O FACE – IR PARA O FACE – IR PARA O FACE

CONVÊNIOS E PARCERIAS

Link

XI SEMINÁRIO

 

 INFORME I

 SEMINÁRIO NACIONAL DE LITERATURA, HISTÓRIA E MEMÓRIA +
II CONGRESSO INTERNACIONAL DE PESQUISA EM LETRAS
NO CONTEXTO  LATINO-AMERICANO

O XI Seminário Nacional de Literatura, História e Memória e II Congresso Internacional de Pesquisa em Letras no Contexto Latino-Americano realizar-se-á nos dias 27, 28 e 29 de novembro de 2013, na Unioeste – Campus de CASCAVEL – Paraná, BR – contemplando em sua programação um conjunto de atividades acadêmicas, tais como a realização de conferências, mesas redondas, simpósios temáticos, palestras, apresentações culturais, sessões previstas para o diálogo entre leitores e escritores, lançamentos de livros, periódicos acadêmicos, que realizam a interlocução entre Memória, Literatura e História.O XI Seminário Nacional de Literatura, História e Memória e II Congresso Internacional de Pesquisa em Letras no Contexto Latino-Americano realizado em parceria com a “Academia Cascavelense de Letras” (ACL) e Associação do Docentes Universitários de Cascavel (ADUC), destina-se à comunidade em geral e a membros das Associações ADUC e ACL , à escritores e artistas das regiões de abrangência da Unioeste , escritores e artistas nacionais e internacionais e a docentes e discentes das Licenciaturas em Letras, História, Educação, Filosofia e áreas afins, docentes e discentes dos Programas de Pós-graduação da área de humanidades, em especial, do Programa de Pós-graduação Stricto Sensu em Letras, área de concentração em Linguagem e Sociedade, nível de Mestrado e Doutorado da UNIOESTE e de outros Programas de Pós-graduação de Instituições nacionais e estrangeiras e de Associações de interesses comuns, a exemplo da Associação de Artistas Plásticos de Cascavel e Centros de Cultura, a exemplo do Círculo de Cultura Italiana, entre outros. O evento também se destina a professores das Redes de Ensino Públicas e Privadas das regiões de abrangência da Unioeste, em especial aos docentes que estão participando do PDE e do PROFLETRAS. O evento acolhe atividades de intercâmbio entre as Instituições universitárias do Brasil e do Exterior, oportunizando espaços para discussões relacionadas à Literatura, à Memória, à História, à Língua Portuguesa, às Literaturas e Línguas Estrangeiras Modernas, à Pesquisa em Educação e Cultura e espaços para exposições das produções literárias, artísticas e culturais de membros das Associações envolvidas (ADUC, ACL e outras).

Endereço para contato (e-mail do evento): literaturahistoriaememoria@gmail.com

COORDENAÇÃO DO EVENTO:
http://www.seminariolhm.com.br/home/
- Período de envio de resumos das comunicações aos coordenadores dos simpósios: 26/08 a 25/10/2013.
- Inscrições como ouvintes até o dia: 27/11/2013.

VOLTAR AO FACE DA ACADEMIA CASCAVELENSE DE LETRAS

PAULO LEMINSKI, O PREFÁCIO

00  leminski

 

Prefácio de próprio punho, do mestre e amigo Paulo Leminski, no meu livro de estréia Incoerências, Pessimismos & Incertezas, Ed. Fonte, Curitiba, 1966.

” Poesia é um exercício de humildade, do cotidiano e de valorização das coisas “pequenas”, que são as que contam. Você sabe dizer do cotidiano, nada espere, em poesia, do que dêle não seja. Você já está na ” 3ª margem do rio.” Leminski.”

RETORNAR AO FACE – RETORNAR AO FACE

DIÁLOGOS POSSÍVEIS

VERA cópia

Diálogo Possíveis:
[Degustação]

SOBRE MISTÉRIOS

De repente, ela, a misteriosa Senhora começa a dizer de surpresas e mistérios escondidos nas dobras do tempo e de sonhos…

Ouví-la ou ler as palavras que escreve é inspirador. Uma fonte copiosa de poéticas imagens:

– Há qualquer coisa mudando – ainda que vagarosamente – em sua alma. Há uma surpresa escondida nas mangas da camisa do tempo que brinca magicamente com seus sonhos. Ele tem seus mistérios…

Às vezes, sorvo dessa fonte fios condutores para os poemas que faço e guardo sob setenta vezes sete chaves. Outras vezes, fico refletindo sobre a fluidez das palavras e dos mistérios presentes nas entrelinhas do que ela diz.
Não é fácil entender ou desvendar os mistérios do tempo… Na verdade, são mistérios porque a sua essência é permanecer magicamente e sempre mistério…
Algumas pessoas escondem infinitos mistérios na alma… Porque curto mistérios, os vejo com respeito e uma especial devoção…

Por isso, dela prefiro ao invés de decifrar, imaginar as causas aparentes dos seus sorrisos ou das cismas sem mistérios que singram as águas mais razas da sua alma.
Não gosto de ferir a essência das coisas, porque sem a sua essencialidade elas deixariam de ser o que são…

É assim o meu bem querer pela bella parceira de tertúlias e de um sonho literário ganhando forma de concretude.

Antonio de Jesus/Anjes

_____________

Este é um fragmento de um livro em construção a quatro mãos e duas cabeças, por Vera Iana, de Brasília, DF e Antonio de Jesus, Anjes,  de Cascavel, PR

RETORNAR AO FACE – RETORNAR AO FACE

DIA MUNDIAL DAS ÁGUAS


DIA DA ÁGUA

22 DE MARÇO:

DIA MUNDIAL DAS ÁGUAS

PLANETA ÁGUA
AMNIÓTICO BERÇO

Quem vê a imensidão dos mares,
dos oceanos, nuas superfícies,
não imagina o primitivo ventre,
amniótico berço de toda a vida,
genética ancestralidade minha,
tua, de todos os seres criados,
pelo Divino Autor do Universo…
Água vida, bem restrito, bem finito
— Água viva. Ciclo da Vida!

ANTONIO DE JESUS
ANJES

Imagens: Robin Fowler & Jaime
Camire + Stefanie+ David
Doubilet+ Fischer + outros ad -
Gif : Anjes

Leitmotiv: Destruir a natureza, as fontes vitais das águas, do ar, do verde, a vida, é um pecado contra Deus, que tudo criou e horrendo crime contra a humanidade.

DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIRETOS DAS ÁGUAS

HISTÓRIA MUNDIAL DAS ÁGUAS

O Dia Mundial da Água foi criado pela ONU (Organização das Nações Unidas) no dia 22 de março de 1992. O dia 22 de março, de cada ano, é destinado a discussão sobre os diversos temas relacionadas a este importante bem natural.

Mas porque a ONU se preocupou com a água se sabemos que dois terços do planeta Terra é formado por este precioso líquido? A razão é que pouca quantidade, cerca de 0,008 %, do total da água do nosso planeta é potável (própria para o consumo). E como sabemos, grande parte das fontes desta água (rios, lagos e represas) esta sendo contaminada, poluída e degradada pela ação predatória do homem. Esta situação é preocupante, pois poderá faltar, num futuro próximo, água para o consumo de grande parte da população mundial. Pensando nisso, foi instituído o Dia Mundial da Água, cujo objetivo principal é criar um momento de reflexão, análise, conscientização e elaboração de medidas práticas para resolver tal problema.

No dia 22 de março de 1992, a ONU também divulgou um importante documento: a “Declaração Universal dos Direitos da Água” (leia abaixo). Este texto apresenta uma série de medidas, sugestões e informações que servem para despertar a consciência ecológica da população e dos governantes para a questão da água.

Mas como devemos comemorar esta importante data? Não só neste dia, mas também nos outros 364 dias do ano, precisamos tomar atitudes em nosso dia-a-dia que colaborem para a preservação e economia deste bem natural. Sugestões não faltam: não jogar lixo nos rios e lagos; economizar água nas atividades cotidianas (banho, escovação de dentes, lavagem de louças etc); reutilizar a água em diversas situações; respeitar as regiões de mananciais e divulgar idéias ecológicas para amigos, parentes e outras pessoas.

DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS DAS ÁGUAS

Art. 1º – A água faz parte do patrimônio do planeta.Cada continente, cada povo, cada nação, cada região, cada cidade, cada cidadão é plenamente responsável aos olhos de todos.

Art. 2º – A água é a seiva do nosso planeta.Ela é a condição essencial de vida de todo ser vegetal, animal ou humano. Sem ela não poderíamos conceber como são a atmosfera, o clima, a vegetação, a cultura ou a agricultura. O direito à água é um dos direitos fundamentais do ser humano: o direito à vida, tal qual é estipulado do Art. 3 º da Declaração dos Direitos do Homem.

Art. 3º – Os recursos naturais de transformação da água em água potável são lentos, frágeis e muito limitados. Assim sendo, a água deve ser manipulada com racionalidade, precaução e parcimônia.

Art. 4º – O equilíbrio e o futuro do nosso planeta dependem da preservação da água e de seus ciclos. Estes devem permanecer intactos e funcionando normalmente para garantir a continuidade da vida sobre a Terra. Este equilíbrio depende, em particular, da preservação dos mares e oceanos, por onde os ciclos começam.

Art. 5º – A água não é somente uma herança dos nossos predecessores; ela é, sobretudo, um empréstimo aos nossos sucessores. Sua proteção constitui uma necessidade vital, assim como uma obrigação moral do homem para com as gerações presentes e futuras.

Art. 6º – A água não é uma doação gratuita da natureza; ela tem um valor econômico: precisa-se saber que ela é, algumas vezes, rara e dispendiosa e que pode muito bem escassear em qualquer região do mundo.

Art. 7º – A água não deve ser desperdiçada, nem poluída, nem envenenada. De maneira geral, sua utilização deve ser feita com consciência e discernimento para que não se chegue a uma situação de esgotamento ou de deterioração da qualidade das reservas atualmente disponíveis.

Art. 8º – A utilização da água implica no respeito à lei. Sua proteção constitui uma obrigação jurídica para todo homem ou grupo social que a utiliza. Esta questão não deve ser ignorada nem pelo homem nem pelo Estado.

Art. 9º – A gestão da água impõe um equilíbrio entre os imperativos de sua proteção e as necessidades de ordem econômica, sanitária e social.

Art. 10º – O planejamento da gestão da água deve levar em conta a solidariedade e o consenso em razão de sua distribuição desigual sobre a Terra.

Frases sobre o Dia Mundial da Água:

- Água é vida. Vamos usar com inteligência para que ela nunca falte.

- O futuro de nosso planeta depende da forma com que usamos a água hoje.

- Todo dia é dia de água, pois ela está presente em tudo e em todos.

- O Dia Mundial da Água não é só para pensar, mas principalmente para agir: vamos usar este recurso natural com sabedoria para que ele nunca acabe.

- Sem a água não haveria vida na Terra! Pense nisso neste Dia Mundial da Água.

 VOLTAR AO FACE – VOLTAR AO FACE – VOLTAR AO FACE